Blog 03/10/2019

Encontro de Comunidade de Aprendizagem traz reflexões sobre a escola, professores e comunidade escolar

#PraCegoVer #PraTodosVerem Foto de uma sala com mesas e cadeiras, onde várias pessoas estão sentadas. Na frente da sala, duas mulheres estão de pé fazendo uma apresentação.
#PraCegoVer #PraTodosVerem
Foto de uma sala com mesas e cadeiras, onde várias pessoas estão sentadas. Na frente da sala, duas mulheres estão de pé fazendo uma apresentação.

Nos dias 24 e 25 de setembro, São Paulo recebeu o Encontro de Comunidade de Aprendizagem (CA). O evento teve como objetivo a formação e mobilização dos formadores certificados para construir maior autonomia. Estiveram presentes os formadores certificados que são atuantes.

A dinâmica de abertura contou com reflexões sobre a escola, professores inspiradores que transformaram a vida dos formadores/alunos, e consequentemente transformaram suas próprias vidas. Entre as conversas, foram compartilhadas vivências escolares.

Um dos formadores, Ricardo Paim, falou sobre a construção de seu TCC; segundo ele, após ter feito outras graduações, terminou pedagogia no ano passado e em seu trabalho final abordou os conflitos na escola como tema.  De acordo com Paim, “nós precisamos nos transformar. A transformação tem que ser de fato. Na escola, nós somos quem deve dar o exemplo de transformação. Nosso discurso pode ser o melhor possível, mas os alunos aprendem com as atitudes.” O formador destacou também a relação do educador com o educando: “Sem o afeto, não há a possibilidade de educar. Ninguém participa de algo que não participa.”

Flávia Vivaldi, professora, mestre em Psicologia Educacional pela UNICAMP e doutoranda em Psicologia Educacional pela Faculdade de Educação da UNICAMP, falou sobre o contexto dos conflitos na escola, manifestações de indisciplina e suas segmentações de naturezas diferentes, ressaltando os papeis tanto da escola como da família. Para ela, a escola é fundamental na hora de servir como referência para os alunos, formando-os para a cidadania.

A agenda do segundo dia do evento contou ainda com mesas temáticas, o histórico, conquistas e perspectivas para o projeto Comunidade de Aprendizagem.