Blog 08/11/2019

Instituto Natura e o PAES: fortalecendo a aprendizagem das crianças

100% dos municípios do ES aderem ao PAES e 160 mil crianças serão atendidas em quase 1.400 escolas em todo o Estado.

#PraCegoVer #PraTodosVerem Foto com várias pessoas de pé. Elas estão em uma sala e posam para a fotografia.

Já ouviu falar sobre o PAES? PAES é a abreviação para Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo. É uma iniciativa do Governo do Estado com o objetivo de fortalecer a aprendizagem das crianças desde a educação infantil até as séries finais do ensino fundamental.

A base do projeto está na colaboração entre o estado e as redes municipais de ensino. E acreditando na gestão colaborativa, o Instituto Natura apoiou a estruturação do Pacto. Nesse processo, entramos como parceiro externo que auxiliou, principalmente, na estruturação do modelo de governança e no planejamento das ações.

Para fortalecer a aprendizagem das crianças em todas as etapas, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Sedu), atingiu 100% de adesão dos municípios capixabas ao PAES. Agora, Vitória, Santa Maria de Jetibá e Vila Velha passam a aderir à iniciativa, completando todo o território do Espírito Santo.

Com a aderência de todos os municípios, 160 mil crianças serão atendidas em quase 1.400 escolas em todo o Estado. Até 2022, o Governo fará entregas de ações do PAES, além de investimentos em obras e na ampliação de 100 creches, aquisição de material didático e capacitação de professores.

A participação de 100% da rede foi comemorada no último dia 31 de outubro, durante a cerimônia de repactuação do programa. O evento aconteceu no Palácio Anchieta; entre os presentes estavam representantes do Instituto Natura.

 

O PAES está estruturado em três áreas de atuação:

– Apoio à gestão: metodologia de trabalho proposta para alcançar as metas na área de gestão educacional, envolvendo definição de indicadores, planejamento, monitoramento, avaliação e replanejamento a partir dos resultados alcançados;

– Fortalecimento da aprendizagem: refere-se às ações pedagógicas, tais como formação para professores e gestores escolares, disponibilização de material didático e acervo bibliográfico, monitoramento/avaliação da aprendizagem e incentivos à melhoria de resultados nas redes de ensino;

– Infraestrutura e suporte: estratégias para apoiar os municípios no atendimento da demanda da Educação Infantil e ao reordenamento das redes escolares, visando à otimização de recursos e à potencialização de resultados.

Confira aqui e leia a matéria na íntegra produzida pela Rede de Comunicação do Governo do Espírito Santo, com todas as informações.