Blog 05/03/2020

Nosso compromisso com os jovens do Ensino Médio

Promover a qualidade do Ensino Médio, com foco no desenvolvimento integral de todos os jovens, é um dos principais objetivos do Instituto Natura.

O cenário educacional do Ensino Médio é preocupante no Brasil, os estudantes não consideram a escola um local atrativo, que dialogue com a sua realidade. Isso  tem direta relação com a qualidade do ensino, com a infraestrutura, a taxa de evasão e a taxa de repetência. Essas questões refletem nos resultados de indicadores nacionais: o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), por exemplo, obtêm resultados relacionados ao Ensino Médio praticamente estagnados desde 2009, isso significa que não houve evolução no fluxo escolar e nas médias de desempenho nas avaliações em todos esses anos. 

Em resposta a esse cenário, o modelo de Escolas em Tempo Integral tem o objetivo que os jovens possam aprender mais, de forma igualitária e com maior qualidade, tornando a escola mais atrativa e reduzindo o abandono escolar. O estado de Pernambuco é referência em Ensino Médio em Tempo Integral, pioneiro na implantação da política no ano de 2007, o estado já conta com 57% da rede, com previsão de chegar a 70% até o fim de 2022. Em 2005, o estado ocupava o 20º lugar do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), já em 2017, Pernambuco passou para o terceiro lugar, com uma pontuação superior à média nacional.

Neste sentido, foi realizado pelo Instituto Sonho Grande um estudo com o intuito de investigar a trajetória dos egressos das escolas estaduais de Pernambuco, concluintes do Ensino Médio entre 2009 e 2014, com o objetivo de responder a pergunta: “Como é a vida hoje dos egressos das escolas estaduais de Pernambuco?”. Os resultados da pesquisa mostraram que o ensino integral tem impactos positivos em termos de escolaridade, renda e equidade. Entre os destaques da pesquisa, demonstrou-se que a probabilidade de ingressar no ensino superior é 17 pontos percentuais maior para indivíduos formados em Escolas em Tempo Integral. Em termos de renda, a pesquisa revelou que os formados pelo ensino integral tem o rendimento individual cerca de 18% maior. Além disso, a pesquisa indicou que o ensino integral em Pernambuco zera a diferença de renda de brancos e negros. 

Tais evidências positivas do ensino integral estimulam o Instituto Natura, junto com seus parceiros Instituto Sonho Grande e Instituto de Corresponsabilidade pela Educação (ICE), a realizar articulações com as Secretarias Estaduais para a implantação e expansão das escolas de Ensino Médio em Tempo Integral nas redes estaduais de todo o país. 

Em fevereiro deste ano,  o processo de expansão das escolas de Ensino Médio em Tempo Integral deu grandes passos em dois estados brasileiros: São Paulo e Minas Gerais. Em SP houve uma formação conduzida pela Secretaria Estadual de Educação de São Paulo em parceria com o ICE. Formaram-se gestores escolares das 248 novas escolas do programa de Educação Integral. Além disso, representantes das diretorias regionais de educação também participaram das formações e serão responsáveis por dar continuidade ao monitoramento do processo de implantação das escolas ao longo de 2020. Em MG, tivemos uma grande formação para professores das 201 novas escolas em tempo integral. A formação foi conduzida pelo ICE e aconteceu em 5 polos espalhados por todo o estado.

Vamos juntos para que mais estados possam promover o desenvolvimento integral dos estudantes de Ensino Médio, aliando a qualidade de ensino à inclusão de habilidades socioemocionais tão necessárias na juventude!